Esta fotografia é uma metáfora visual. Simboliza o núcleo de Vida, entendendo-a como a Natureza, as Gentes e as suas Culturas, rodeados pela adversidade.

É um sinal e um clamor em memória dos povos da Peneda e do Gerês.



sábado, 17 de outubro de 2009

Parque Nacional fecha-nos a porta! Pan Parks abre-nos uma janela!


Peneda Gerês National Park closed the door! Pan Parks open a window to us!
(This is the complaint we gave to Zoltán Kun, in Castro Laboreiro)


Cerimónia à porta fechada, foi a justificação dada pelos responsáveis do PNPG e de Pan Parks, para impedir a delegação do Movimento Peneda Gerês Com Gente de assistir à cerimónia de entrega de certificados, apesar de lhes garantirmos não perturbar a cerimónia e de apenas entregarmos o protesto no final. Não nos surpreendeu tal atitude, considerando que todo o processo foi feito assim, à porta fechada.
Porém, após a cerimónia e depois de lhe explicarmos os motivos do nosso desagrado, o Director Executivo de Pan Parks, Zoltán Kun, recebeu-nos e escutou-nos muito atentamente, dando-nos a certeza de que Pan Parks vai analisar as nossas reclamações e procederá a uma reavalição do processo de certificação caso se venha a revelar necessária. Pan Parks não quer conflitos com os nativos!
Nos próximos dias vamos preparar um reclamação formal que será enviada a Pan Parks, à Europarks, Comissão Europeia e Parlamento Europeu.

Um comentário:

  1. O Director Executivo da Fundação Pan Parks, enviou o seguinte email:
    Dear Mr. Pires,
    Herewith I confirm receiving your letter. As agreed on Friday, the letter will be sent to the verifiers today.
    Yours sincerely, Zoltan KUN

    ResponderExcluir