Esta fotografia é uma metáfora visual. Simboliza o núcleo de Vida, entendendo-a como a Natureza, as Gentes e as suas Culturas, rodeados pela adversidade.

É um sinal e um clamor em memória dos povos da Peneda e do Gerês.



quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Modelos de participação

Colocamos aqui um conjunto de modelos de participação, que vão sendo actualizados com novas sugestões.
As sugestões apresentadas podem (e devem) ser melhoradas com as situações concretas de cada um e também podem conter várias questões (mais do que uma situação na mesma participação).

Direito de circulação
Pastoreio_1
Pastoreio_2
Tecnico_1
Tecnico_2
Tecnico_3

Tecnico_4
Apicultura
Albufeira de Vilarinho das Furnas

Urbanismo Cota 900
Direitos consagrados desde 1888
Limites da mata nacional
Actividade produtiva local
Visitação
Oposição à utilização de terrenos baldios
Recuperação de cabanas em AAN
População Local

Entregue a sua participação na sua Junta de Freguesia até ao dia 2 de Dezembro.
Não se acanhe, escreva as suas ideias e principalmente sobre as coisas que podem vir a prejudicar a sua vida e a da sua família.

3 comentários:

  1. To Whom it may concern,

    I apologize for writing in English. Unfortunately, my written Portuguese is not adequate to communicate my views.
    It is obvious to me, this new plan is clearly designed is to impoverish, punish, and push the remaining native residents out of the Parque. Isn't it enough, these beaurocratic bastards have already driven most of us out of the country! If we had opportunity, my family would never have left this most beautiful region and its unique culture.
    The new economy holds much promise for the people within the Parque, namely the development of renewable energy resources. Now they are telling us we can not develop these resources because they think it will have a negative visual impact on the Parque. I do not understand this line of thinking. Who the hell are they to impose such conditions. After all these conditions do not affect others outside the Parque anywhere in Portugal. If they want our land, than they must pay for it. How much is it worth? Our region is now the richest in all of Portugal in the context of the new economy. Wind energy potential is worth billions of Euros to our region. Are they ready to pay for this potential loss?
    These autocrats want to impose new taxes. How are the people suppose to pay for these taxes? Buttons?
    I would like to propose Cooperative Wind Energy Farms for the benefit of Native residents. Each village should be allowed to develop and own Wind Farms collectively for mutual benefit , on their common lands. No outsiders should be allowed to exploit our wealth. Taxes can then be paid, and the Disney-type world they want can then be maintained.
    If I can help prevent this great injustice, please let me know how. I am sure all of us as absent land owners fully support and appreciate all your efforts on our behalf.

    Sincerely,

    Dr. Americo Fernandes

    Native Citizen of the Parque living abroad.

    ResponderExcluir
  2. Caro Américo Fernandes:
    Este blog foi criado para a reflexão e a comunicação dos e entre os interessados e com todas as pessoas de bem a quem esta causa suscite alguma sensibilidade. Por isso a tua ajuda já está a ser dada, com os comentários que tens feito. Mas muita mais poderá ser dada, com mais comentários ou mesmo artigos de opinião ou de fundo que nos queiras enviar. Assim como com a divulgação que fizeres desta causa. E doutros meios que te forem vindo à ideia.
    Agora, terminou o período da consulta pública.E foi um período muito controverso. Mas mesmo assim não se nota da parte dos burocratas grande sensibilidade.
    Sobre a situação castreja em particular (antecedentes, enquadramento e razões actuais e expectativas futuras, gostariamos de comunicar contigo. Faz-nos chegar s.f.f. teu email e outros meios de contacto para o Pau Fito, através do seguinte email: pnpgcomgente@gmail.com

    ResponderExcluir